Informações Médicas

Home Versão em PDF
Copyright © 1997 - 2019 Dr. Pierre d´Almeida Telles Filho

Asma Brônquica

Sobre a Asma

- A asma é um problema mundial. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 235 milhões sofrem da doença. 70 % também são pessoas alérgicas, sendo que 60% são crianças. Na segunda metade do século XX, no ocidente, a asma foi a única doença crônica tratável que aumentou em prevalência e em número de internações. Em 2015 foram relatadas no mundo 338.000 mortes por asma.1

- A asma ainda é muitas vezes sub-diagnosticada e sub-tratada, criando um problema substancial para os indivíduos e suas famílias.

- A asma pode começar em qualquer idade, mas muitas vezes começa na infância. Nos Estados Unidos pelo menos 1 em cada 12 crianças em idade escolar 2 e 1 em cada 20 adultos, têm asma. No Brasil a prevalência de asma é muito alta entre adolescentes.

- A asma é a doença crônica mais comum entre as crianças e a maior causa de absenteísmo escolar.

- No Brasil o número absoluto de mortes relacionadas com a asma em 2014 foi de 2.096,3 sendo ainda a terceira causa de morte em crianças e adultos jovens. Muitas dessas mortes são evitáveis com tratamento e cuidados adequados.

- Os adultos são quase quatro vezes mais propensos do que as crianças a morrer por asma.4

- A asma causa forte consequência incapacitante com magnitude semelhante à osteoartrite, diabetes, esquizofrenia e cirrose hepática.

- A asma é mais comum em mulheres adultas do que em homens adultos. Por outro lado, é mais comum em crianças do que em adultos e mais comum em meninos do que em meninas.5,6

- A fumaça do cigarro é também importante fator que contribui para a gravidade da asma,7 atuando através do aumento da resistência dos pacientes aos corticoides,8 determinando mais sintomas, exacerbações mais frequentes e mais severas.9,10

- Segundo o DATASUS do Ministério da Saúde do Brasil, o número de internações cai em números absolutos. Em 2009 ocorrem 160.000 internações por asma, constituindo-se na quarta causa de hospitalizações pelo Sistema Único de Saúde considerando-se todos os grupos etários.11 No ano de 2013 foram relatadas 120.000 internações.12 De acordo com dados do Sistema de Informações Hospitalares (SIH), em 2014 aconteceram 105 mil internações devidas à doença. A prevalência global de asma no Brasil oscila em ~10% afetando 20 milhões de pessoas.

Referências

01.World Health Organization. 10 facts on asthma. 2017.URL: http://http://www.who.int/features/factfiles/asthma/en/. (Arquivo capturado em 20 de novembro de 2017).

02.United States Environmental Protection Agency. Asthma Facts. May 2017. https://www.epa.gov/sites/production/files/2017-08/documents/2017_asthma_fact_sheet.pdf. (Arquivo capturado em 15 de dezembro de 20117).

03.Graudenz GS, Carneiro DP, Vieira RP. Tendências da mortalidade da asma nas faixas etárias de 0 a 4 anos e 5 a 34 anos no Brasil. J Bras Pneumol 2017;43:24-31.

04. Centers for Disease Control and Prevention. Most Recent Asthma Data. http://www.cdc.gov/asthma/most_recent_data.htm. (Arquivo capturado em 15 de dezembro de 20117).

05. Dodge RR, Burrows B. The prevalence and incidence of asthma and asthma-like symptoms in a general population sample. Am Rev Respir Dis 1980;122:567.

06.Broder I, et al. Epidemiology of asthma and allergic rhinitis in a total community Tecumesh, Michigan: III. Second survey of the community. J Allergy Clin Immunol 1974; 53:127.

07.Brinke A, Zwinderman AH, Sterk PJ, Rabe KF, Bel EH. Factors associated with persistent airflow limitation in severe asthma. Am J Respir Crit Care Med 2001; 164: 744.

08.Thompson NC, Spears M. The influence of smoking on the treatment response in patients with asthma. Curr Opin Allergy Clin Immunol 2005; 5: 57.

09.Silverman RA, Boudreaux ED, Woodruff PG, Amargo CA Jr. Cigarette smoking among asthmatic adults presenting to 64 emergency departments. Chest 2003; 123: 1472.

10.Busselton Health Study: the effects of asthma and cigarette smoking. Am J Respir Crit Care Med 2005; 171: 109.

11.Ministério da Saúde do Brasil. (Datasus). Fonte:Departamento de Informática do SUS - DATASUS, órgão da Secretária Executiva do Ministério da Saúde. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sih/cnv/miuf.def (Arquivo capturado em 12 de maio de 2012).

12. Cardoso TA, Roncada C, Silva ER, Pinto LA, Jones MH, Stein RT et al. Impacto da asma no Brasil: análise longitudinal de dados extraídos de um banco de dados governamental brasileiro. J Bras Pneumol 2017;43:163-168.

 

Última Atualização: - 09 /04/2019